Inicial Cidade

Prédios públicos são alvos de pichadores

Em Porecatu, diversos espaços públicos estão sendo alvos dos pichadores. O Ginásio de Esportes, Centro Social Urbano, a Guarita de ônibus da Vila Paranapanema tem sido vítimas dessa ação silenciosa, que ocorre durante a madrugada. Se por um lado os autores das pichações as consideram uma obra-prima ou uma ferramenta de comunicação, por outro, a pichação é considerada um ato de vandalismo e crime ambiental pela Constituição Federal, além de ser repudiada pela absoluta maioria da comunidade.

É lamentável ver um espaço público todo sujo e pichado. Isso fica feio para a imagem da cidade. A equipe da Prefeitura tem trabalhado e está empenhada a deixar o município mais limpo e bonito. Não é justo vândalos chegarem e picharem. Sem contar que o dinheiro utilizado para reparar o dano causado pela pichação poderia ser utilizado na Saúde, na Educação ou no Esporte.

Por isso, vamos cuidar do nosso município. Ajude-nos a ter uma cidade mais limpa e mais bonita. #PorecatuEuAmoEuCuido

Pichar é proibido e dá cadeia

É proibido pichar bem privado ou público. A proibição à pichação está definida no artigo 65, da Lei de Crimes Ambientais 9.605/98. Se o ato for realizado em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de seis meses a um ano de detenção e multa. Se for comum, são de três meses a um ano de cerceamento de liberdade e multa.

Denúncia – Para denunciar pichações, inclusive anonimamente, a população pode acionar a Polícia Militar, pelo telefone 190.